Dicas para o uso de desinfetantes

18/02/2019
por João Costa

O desinfetante é um dos principais produtos de limpeza e é responsável pela eliminação da maior parte das bactérias prevenindo possíveis infeções. No entanto, uma utilização desadequada pode danificar certas superfícies e pisos. Mas então, qual é a maneira mais adequada, económica e eficiente de usar um desinfetante? Veja a seguir algumas dicas para o uso de desinfetantes.

Principais sítios para usar desinfetantes

Uma vez que o desinfetante é responsável pela eliminação de bactérias o seu uso é indicado em locais que tendem a acumular mais bactérias como casas de banho e cozinhas.

Onde não usar desinfetantes

Nunca use desinfetante em eletrodomésticos ou produtos eletrónicos. Ao usar desinfetante em produtos eletrónicos pode danificá-los. Não é aconselhável nem necessário a mistura de desinfetante com outros produtos de limpeza. Passe o desinfetante primeiro, e depois de seco aplique outros produtos caso precise. No uso de desinfetantes é crucial ler sempre as informações disponíveis no rótulo e usar luvas.

Como desinfetar cozinhas

  • Limpar diariamente as superfícies nas quais a comida é preparada. Utilize um borrifador e um pano macio e evitando excesso do produto.
  • A banca está sempre em contato com pratos, talheres e alimentos tornando essencial desinfetá-la cuidadosamente. Além de lavar e desinfetar a superfície, também a deve secar uma toalha para que a humidade não acelere o crescimento das bactérias.
  • Todos os dias deite o saco do lixo da cozinha fora, não só para evitar o mau cheiro, mas também para evitar que as bactérias se proliferem. Uma vez por semana deve usar desinfetante na lata do lixo.
  • Tábuas de cortar carne, legumes e pão também devem ser desinfetadas com frequência. A melhor prática é esfregar as tábuas com uma solução de limpeza à base de cloro para matar as bactérias que se proliferam nos poros do material.

Como desinfetar casas de banho

  • Limpe e desinfete com frequência as superfícies que são tocadas diariamente, como a maçaneta da porta, torneiras e o suporte do rolo de papel higiênico.
  • Para a sanita, utilize uma esponja com detergente ou álcool na parte externa, no assento e na tampa. Depois seque tudo com um pano. Na parte interna pode limpar com o auxílio de uma escova específica para vaso e desinfetante. Aplique a solução, esfregue, e ao fim de 10 minutos puxe o autoclismo.
  • O chão deve ser limpo diariamente com o auxílio de um pano húmido e desinfetante. A cada sete dias, recomenda-se uma limpeza mais a fundo, com o uso de lixívia. Lembre-se de secar bem o local após concluir a limpeza para evitar que a humidade acelere o crescimento de bactérias
  • Especial atenção para outras áreas que permanecem húmidas por longos períodos

Comentários

Não foram encontrados posts

Deixe-nos a sua opinião